Programas de formação e treino

CONSTRUÇÃO MUSCULAR

 

“Na construção muscular, a vantagem da EMS está em poder atuar sobre grupos musculares fracos ou que o treino (desportivo e físico) tradicional não consegue desenvolver e, tudo isso, sem sobrecarregar a estrutura articular.”  LANZANI, 2000.
Com este tipo de treino, multiplicar o efeito da hormona do crescimento até 400%.

PERDA DE PESO

 

O problema da queima de gordura corporal é que não podemos escolher de que zona queremos perder, ou até sim!
Existem estudos da Faculdade de Educação Física do Porto (2004) e o resultado destes estudos poderia ter a sua lógica, pois se tivermos em conta que, para ativar a via oxidativa (metabolismo de queima de gordura) como fonte principal de energia, conseguimo-lo realizando um esforço prolongado a uma intensidade média e que as células gordas (adipócitos) depois da sua decomposição geram ATP para ser utilizado pelo corpo como energia, este processo pode-se acelerar se provocarmos uma maior vascularização de sangue na zona que queremos eliminar gordura, já que, teoricamente, haveria mais moléculas de ATP procedente dos ácidos gordos.

TÓNUS MUSCULAR

 

  • Aumenta a tonicidade e definição muscular.
  • Reduz-se as intermináveis séries para cada grupo muscular e consegue-se maiores ganhos de tónus e/ou de massa muscular sem sobrecarregar as articulações.
  • Com o eletroestimulador utilizado com os Hz adequados e com as normas adequadas de tempo de estímulo e descanso, faremos um trabalho de capilarização e tonificação, pode ser com este objetivo ou como trabalho ou etapa prévia a um trabalho de hipertrofia ou força explosiva.
  • Com a EEM, há um rápido aumento do tónus e da massa muscular.

MELHORIAS ESTÉTICAS – ANTIAGING

 

antiaging“Atualmente, a EMS pode ser considerada como uma prática de auto treino ou uma prática de tratamento estético desvinculada do controlo médico.”  LANZANI, A. 2000 Quanto às melhorias estéticas – antiaging, a ação linfo-drenante que qualquer contração muscular produz, neste caso, induzida pela EMS, assim como a ação vasodilatadora que provoca o estímulo elétrico, deu resultados surpreendentes no campo da estética.

RECUPERAR LESÕES E DORES ARTICULARES

No caso da reabilitação, também se pode realizar exercícios de mobilidade somados a impulsos elétricos, dependerá da gravidade da lesão.
A EMS, ao provocar uma maior capilarização da zona ou musculatura a tratar, é perfeita para a reabilitação e colocação “em funcionamento” de músculos parados por um processo traumático.

 

MELHORIA DO RENDIMENTO DESPORTIVO

 

 

O aumento de coordenação intramuscular que representa a EMS é tão grande que utilizada conjuntamente com um treino
funcional, chega a proporcionar vantagens, inclusive intermusculares, como revelam estas investigações. Isto unido a um bom treino da técnica, faz com que a melhoria no rendimento desportivo seja muito notável.


REDUÇÃO DO STRESS E MELHORIA DO ESTADO DE ESPÍRITO

 

A eletroestimulação é um dos métodos de estimulação cortical.
É por isso que é preciso tê-la presente como um tratamento inovador para tratar a depressão e reduzir o stress tanto físico como psíquico.